Em uma Assembleia Geral Extraordinária, realizada no auditório do Sindicato dos Bancários da Paraíba, na noite de segunda-feira (25), os funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) aprovaram o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) para regulamentação do ponto eletrônico e controle da jornada de trabalho, com vigência de dois anos a contar da data de sua assinatura.
O diretor do Sindicato e funcionário do BNB, Robson Luís, falou da falta de funcionários nas agências e da importância de se regulamentar o ponto eletrônico e a jorna de trabalho. “Finalmente, esse sonho antigo dos funcionários do BNB, cansados das promessas da direção do Banco e dos travamentos na carga horária oficial, pelo sistema, terão regulamentados os procedimentos corretos para o pagamento justo pelo serviço executado durante seu expediente normal ou extraordinariamente. Daí a importância da regulamentação do ponto eletrônico, imprescindível instrumento para acabar com as injustiças para quem dá o melhor de si em prol do lucro do Banco”, concluiu o sindicalista.

Fonte: Seeb PB