Em reunião com a Suesp e a SRD, duas áreas responsáveis pelas agências digitais da Caixa, o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região obteve das respectivas chefias a garantia de que não haverá descomissionamento dos empregados no estado de São Paulo.
O encontro aconteceu para tratar de denúncias à entidade representativa dos trabalhadores de assédio moral por ocorrência de ranking individual e cobranças por WhatsApp no telefone celular particular dos empregados, entre outros. Estas práticas são proibidas pelo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).
Ao tratarmos destas questões repassadas pelos empregados ao Sindicato, ambas as chefias garantiram que não há atualmente no estado de São Paulo empregados das agências digitais no chamado feedback, que é um apontamento para o descomissionamento. As duas áreas disseram que houve um erro de comunicação, admitiram que houve uma reunião de instrução realizada com quem, no time de vendas, não estava pontuando, mas que isso não caracteriza feedback.

Tamara Siqueira, dirigente do Sindicato e empregada da Caixa

Tamara acrescenta que o Sindicato acompanha de perto estes casos e reforça que os empregados prejudicados por práticas de assédio, cobranças abusivas de metas ou ameaças de descomissionamento devem procurar a entidade.

Fonte: SPBancarios