A campanha Bancário Solidário arrecadou cerca de quatro toneladas de alimentos junto aos trabalhadores de bancos, dirigentes e funcionários do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região, da Apcef/SP e da Afubesp, na ação chamada “Dia D do Bancário Solidário”, realizada em 4 de junho.

No total, foram arrecadas 307 cestas básicas. Além disto, bancários de uma agência do Bradesco se mobilizaram para doar 250 quilos de alimentos, o equivalente a 18 cestas.

A campanha do “Dia D do Bancário Solidário” também arrecadou quantias em dinheiro, que foram depositadas diretamente, via PIX, nas contas correntes do padre Júlio Lancellotti e da Rede Rua.

“Os bancários estão de parabéns por mais este ato de solidariedade em um momento em que tantas famílias brasileiras estão passando necessidades decorrentes da crise social e sanitária causadas pela pandemia do coronavírus e pela falta de políticas públicas dos governos federal, estadual e municipais.”

Marcelo Gonçalves, secretário cultural do Sindicato e bancário do Santander

Na sexta-feira 2, será realizada mais uma ação do “Dia D do Bancário Solidário”. CLIQUE AQUI e conheça todas as formas de doar. É rápido e fácil!

Quadra dos Bancários vira símbolo de luta contra a fome
Sindicato instala bebedouros públicos no centro de São Paulo

A categoria bancária conta com salários e direitos melhores do que a maioria das demais classes de trabalhadores, graças a sua organização junto ao movimento sindical. E, em épocas de crise, os trabalhadores de bancos têm a tradição de ajudar os mais necessitados”, ressalta Marcelo.

Sindicato, Contraf-CUT e MST doam quatro toneladas de alimentos
Em campanha sobre importância dos bancos públicos, bancários distribuirão 4 toneladas de alimentos para a população de SP
Doações de bancárias chegam à Terra Indígena Tenondé Porã
Bancárias lutam contra pobreza menstrual em tribo indígena em São Paulo

Por meio da campanha Bancário Solidário – em parceria com a Rede Rua – são servidas na Quadra dos Bancários mais de mil refeições por dia para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Além disso, em parceria com o MST, a campanha já distribuiu mais de 4 toneladas de alimentos para comunidades carentes da capital paulista, levou doações até tribos indígenas do extremo-sul de São Paulo, além de produtos de primeira necessidade como, por exemplo, itens de higiene e absorventes íntimos. A campanha Bancário Solidário contribui ainda para a obra do Padre Júlio Lancellotti, coordenador da Pastoral do Povo de Rua da Arquidiocese de São Paulo.

Fonte: Redação SPbancarios