O Sindicato, em parceria com a Rede Rua, com o Centro Social Nossa Senhora do Bom Parto (Bom Par), com o Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas) da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, e com o Consultório na Rua, um serviço do Sistema Único de Saúde (SUS) destinado a pessoas em situação de vulnerabilidade social, organizou nesta quinta-feira 1º, na Quadra dos Bancários, a vacinação contra a Covid-19 para 56 pessoas em situação de rua. As doses aplicadas, únicas, foram da vacina da fabricante Janssen.

A triagem foi feita pela Rede Rua, uma vez que algumas pessoas acolhidas nos projetos sociais realizados no âmbito da Quadra já haviam sido imunizadas nos albergues da Prefeitura de São Paulo.

A aplicação ficou por conta do Consultório na Rua, que é destinado única e exclusivamente para pessoas em situação de rua. O que fizemos foi uma triagem, que identificou quem ainda não tomou a vacina nos abrigos municipais e está em situação de rua. Este primeiro processo de imunização na Quadra foi muito exitoso, com muitas pessoas com disposição em receber a vacina”, destaca Andreza do Carmo, coordenadora do Rede Rua.
O Sindicato, mais uma vez em parceria com importantes entidades assistenciais, presta um serviço essencial nesta pandemia à população em situação de rua da região central da capital, imunizando 56 pessoas em extrema vulnerabilidade com a ajuda de um importante projeto do SUS. Por isso, é fundamental que defendamos, além da vacinação em massa imediata de toda a população brasileira, o Sistema Único de Saúde”, complementa Luiz Cláudio Marcolino, diretor do Sindicato e vice-presidente da CUT-SP.

O Sindicato e a Rede Rua agora tentam junto ao Consultório na Rua uma nova data para mais um dia de vacinação contra a Covid-19 na Quadra.

É importante ressaltar o papel cidadão do Sindicato, seja na luta pela vacinação da categoria bancária, seja na imunização da população em situação de rua contra a Covid-19. Temos já uma série de ações na Quadra no intuito de levar alguma dignidade a quem mais necessita, entre elas a distribuição de mais de mil marmitas diariamente, iniciativa que faz parte do projeto Bancário Solidário”, finaliza João Fukunaga, secretário de Organização e Suporte Administrativo do Sindicato.

Fonte: SP Bancários