LUTA BANCÁRIA

Tudo sobre trabalhadores bancários(as), suas batalhas, suas vitórias, em conjunto com a sociedade.

BANCO BRADESCO, BANCO DO BRASIL, BANCO DO NORDESTE, BANCO ITAÚ, BANCO SANTANDER, CAIXA ECONÔMICA

Sindicato dos Bancários traz cidadania a pessoas em situação de rua


A Quadra dos Bancários, local histórico de mobilização e organização da classe trabalhadora na cidade de São Paulo, fornece mais um acolhimento para pessoas em situação de rua durante a pandemia. Todas terças-feiras, das 9h30 às 14h30, o espaço oferece atendimentos que visam a cidadania.

Quadra dos Bancários vira símbolo de luta contra a fome
Sindicato instala bebedouros públicos no centro de São Paulo

Os serviços são variados e envolvem agendamento para tirar documentos no Poupatempo; realização de Boletim de Ocorrência online; elaboração de currículo de trabalho; acesso ao site da Previdência Social, dentre outros. O suporte é realizado pelos funcionários da Secretaria de Assuntos Jurídicos do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, em parceria com a ONG Rede Rua.

“Infelizmente, a população em situação de rua já se tornou invisível para grande parte da sociedade. Este atendimento do Sindicato tem como objetivo devolver um pouco de cidadania à estas pessoas.”

Felipe Garcez, secretário de Assuntos Jurídicos e bancário do Banco do Brasil

Pessoas em situação de rua recebem atendimento que visam cidadania

O dirigente aproveita para lembrar da Campanha Bancário Solidário, que está arrecadando centenas de cestas básicas para famílias que enfrentam a carestia causada pela pandemia e pela falta de políticas públicas dos governos federal, estadual e municipal.

No primeiro Dia D de doações para a campanha Bancário Solidário, realizado em 4 de junho, foram arrecadadas cerca de quatro toneladas de alimentos.

“Por ter maiores salários e mais direitos do que a maior parte da sociedade, fruto da organização e da mobilização junto ao Sindicato, a categoria bancária tem um histórico de defesa da cidadania e dos direitos sociais em tempos de crise, como o atual. E, novamente, os bancários estão mobilizados na doação de alimentos que farão toda a diferença para centenas de famílias. Cada um pode fazer um pouco para ajudar brasileiros a enfrentarem menos necessidade durante este período tão difícil. Doe para o Bancário Solidário.”

Felipe Garcez, secretário de Assuntos Jurídicos e bancário do Banco do Brasil

CLIQUE AQUI e doe para a Campanha Bancário Solidário. É rápido e fácil!

Por meio da campanha Bancário Solidário – em parceria com a Rede Rua – são servidas na Quadra dos Bancários mais de mil refeições por dia para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Além disso, em parceria com o MST, a campanha já distribuiu mais de 4 toneladas de alimentos para comunidades carentes da capital paulista, levou doações até tribos indígenas do extremo-sul de São Paulo, além de produtos de primeira necessidade como, por exemplo, itens de higiene e absorventes íntimos. A campanha Bancário Solidário contribui ainda para a obra do Padre Júlio Lancellotti, coordenador da Pastoral do Povo de Rua da Arquidiocese de São Paulo.

Sindicato Cidadão

O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região historicamente cumpre um papel cidadão e se solidariza com as lutas sociais para além da categoria. Na pandemia de coronavírus, a mais grave crise humanitária que o país já enfrentou, o Sindicato luta pela defesa da vida; por vacina já; pelo auxílio emergencial mínimo de R$ 600 para quem não tem renda; e por garantir comida a quem tem fome, além de itens de primeira necessidade.

Fonte: Redação SPbancários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: