Seminário Adoecimento Psíquico no Trabalho Bancário

Evento será em celebração Dia Mundial de Segurança e Saúde no Trabalho, 28 de abril.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) escolheu o Dia Mundial da Saúde, celebrado nesta quinta-feira, 7 de abril, para lançar o Seminário Adoecimento Psíquico no Trabalho Bancário. O evento será realizado no dia 28 de abril, data escolhida no mundo todo para lembrar dos trabalhadores e das trabalhadoras vitimados por acidentes do trabalho, por doenças profissionais e por outras doenças relacionadas ao trabalho.
A data também serve para lutar por melhores condições de trabalho, para que tais perdas humanas não voltem a acontecer e jamais sejam toleradas e ‘naturalizadas’ pela sociedade, pelos empregadores e pelos governos, como se isto fosse normal; fosse ‘inerente’ ao trabalho; fosse o ‘preço do progresso’, e outras falácias que constroem e mantêm uma ideologia perversa”, disse o secretário de Saúde da Contraf-CUT, Mauro Salles. “Isto jamais poderia ser tolerado! E isto deve ser dito e repetido no 28 de abril de cada ano, e em todos os outros dias do ano, todos os anos”, completou.
Proposto pelos movimentos sociais dos EUA, a data foi escolhida em função do dia 28 de abril de 1969, quando a explosão de uma mina em Farmington, no Estado da Virgínia, matou 78 trabalhadores. A iniciativa de criar um “Memorial Day” rapidamente alcançou os movimentos sociais e de trabalhadores de outros países, e, também, chegou no Brasil e tornou-se, de 2005 em diante, o “Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho”, graças à Lei no. 11.121/2005. Portanto, as diferentes iniciativas, com pequenas variações no nome, convergem na grande questão da Saúde e Segurança das Trabalhadoras e Trabalhadores, que deve ser lembrada todos os dias, e que tem o “28 de abril” como data emblemática de memória, de luta e de promoção do Trabalho Digno, Seguro e Saudável.
Vamos promover o seminário para marcar e refletir sobre o principal problema de saúde enfrentado pelos bancários: o adoecimento psíquico”, explicou Salles.
Em breve, a Contraf-CUT irá divulgar mais informações sobre o evento e como se inscrever. Fonte: Contraf

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.