Fórum Mundial debate desafios e caminhos para a juventude trabalhadora
Mais de 500 pessoas de 72 países e 162 sindicatos